Queridos leitores/seguidores: Fechei o blog não por motivo de manutenção, mas por motivo de dúvida. Não sei o que fazer com ele no momento. Possivelmente eu o excluirei, mas não decidi sobre isso ainda. Pensarei no assunto durante esses dias e irei avisá-los em breve. Caso queiram entrar em contato comigo, visitem meu outro blog: kaze--hikaru.blogspot.com Agradeço as visitas, os convites de parceria que me fizeram e os últimoes comentários. Infelizmente, não serei capaz de respondê-los/retribuí-los no momento, por motivos pessoais. Muitas coisas tem ocorrido comigo ultimamente, e preciso lidar com elas, e manter vários blogs durante esse período da minha vida não é mais possível. Gosto muito de todos vocês, e com certeza sentirei saudades! Um grande abraço, - A Garota da Casa 12

Doce da Semana: Doces Típicos de Portugal

Olá meus bolinhos de chocolate. Como tinha prometido, aqui está uma seleção de alguns doces típicos de Portugal; que fazem parte daquela seção do "Doce da Semana". Confiram.

O Pão de Ló

É um bolo (por vezes chamado de doce) típico de Portugal, feito principalmente de ovos, farinha de trigo e açúcar. Existem variedades regionais de pão de ló, que se tornaram símbolos dessas regiões. Exemplos: o de Alfeizrão, o de Ovar (tem formato de uma broa, de massa muito leve e fofa), o de Margaride e o de Arouca (preparado em formas retangulares). Tem até o "pão de ló à brasileira", mas é bem diferente dos tradicionais. 
Aqui está uma receita para você fazer um pão de ló em casa (escrito no português de Portugal).
Receita de Pão de Ló
Ingredientes:
  • 12 gemas ;
  • 4 claras ;
  • 250 g de açúcar ;
  • 150 g de farinha
Confecção:
Batem-se os ovos com o açúcar (25 minutos com batedeira eléctrica e 45 minutos à mão). Adiciona-se depois a farinha em chuva suave e continua a bater-se até perfazer o tempo, isto é, 35 minutos à máquina e 1 hora à mão.
Forra-se com quatro folhas de papel cavalinho uma forma com buraco no meio, unta-se, deita-se dentro a massa e leva-se a cozer em forno bem quente. Quando o pão-de-ló estiver bem crescido e fofo, reduz-se o calor e, se for preciso, tapa-se com papel.
A cozedura leva entre 30 e 40 minutos.
A cozedura descrita refere-se à efectuada em fornos domésticos eléctricos ou a gás. Contudo o pão-de-ló fica muito mais bem cozido nos chamados fornos de padeiro, aquecidos a lenha. Neste caso, o pão-de-ló é cozido dentro de uma tigela de barro não vidrado, no centro do qual é colocada invertida uma tigela pequena. A forma é forrada com papel como se disse. As pontas do papel são viradas para dentro e o conjunto é tapado com uma tigela igual à que serve de recipiente.
Fonte (Pesquisa): http://pt.wikipedia.org/wiki/P%C3%A3o_de_l%C3%B3
Imagem: http://4.bp.blogspot.com/-dhHEFf3lmqU/TbW0DNruhFI/AAAAAAAAANU/F7Ba2vRsIoU/s1600/pao_de_lo.jpg

Pastéis de Nata
Os pastéis de nata (ou pastéis de belém, como chamamos aqui) são um dos mais populares doces típicos de Portugal (e o que eu mais gosto); e foi eleito uma das 7 maravilhas da gastronomia de Portugal em 2011. Tradicionalmente, comem-se ainda quentes, polvilhados com canela e açúcar em pó.
Um pouco de história: em 1837, em Belém (em Portugal, é lógico), próximo ao Mosteiro de São Jerónimos; os clérigos do mosteiro (numa tentativa de subsistência) colocaram à venda em uma loja os pastéis de nata. Na sequência da Revolução Liberal (1820), o mosteiro fechou, em 1834. O pasteleiro do convento decidiu vender a receita a um empresário português vindo do Brasil, Domingos Rafael Alves, continuando até hoje na posse de seus descendentes.  
Fonte (Pesquisa):  http://pt.wikipedia.org/wiki/Past%C3%A9is_de_nata
Imagem: http://receitas-culinaria.org/wp-content/uploads/2010/01/pasteis-de-nata.jpg


Bolo Rei
Bolo tradicional que se come geralmente entre o Natal até o Dia dos Reis, numa clara alusão aos reis magos. De forma redonda e com um grande buraco no centro, lembra uma coroa salpicada por frutos secos e cristalizados. Inicialmente escondia-se no interior do bolo uma pequena surpresa ou brinde.


Aletria
É uma massa em fios finos que é utilizada para fazer sopas e doces. Foi trazida para Portugal pelos mouros, e foi muito usada pelo proletariado francês durante a Revolução Industrial.
Receita de Aletria
Ingredientes
- 500 gramas de aletria - 1,5 litro de leite - 1 casca de qualquer citrino - 300 gramas de açúcar mascavado - 200 gramas de margarina - 6 gemas de ovos
Modo de Preparar
- Põe-se a aletria para ferver com o leite. Junta-se uma casquinha de qualquer citrino, açúcar mascavado e a margarina. Deixa-se ferver até reduzir bem e acrescenta-se mais leite, caso seja necessário. Percebe-se que a aletria deve de cozer bem. Misturam-se as gemas bem batidas, mexe-se bem e leva-se tudo ao lume até que se esteja cozido. Depois, despeja-se numa travessa, retira-se a casca do citrino, polvilha-se com canela e come-se alegremente.
Fonte (pesquisa e receita): http://pt.wikipedia.org/wiki/Aletria

Pesquisa: Narumi 

3 comentários :

  1. Boa noite gostaria muito de obter a receita de um bolo de pascoa com o nome FUlar massa que e assada com ovos intereiros dentro dela. .
    Minha mãe fazia todos os anos mas nnao consegui aprender a fazer e hoje em dia minha mae não esta mais entre nos .
    Sinto dificuldade e achar aqui no Brasil.
    Minha era de Viseu e la se fazia muito.
    Espero cpnseguir aqui o q tanto procuro desde ja meu muito obrigada.
    meu e-mail........mary.doceu@gmail.com
    Abracos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada pelo seu comentário, Mary!
      Desculpe-me, porém, não vou poder ajudá-la nesse sentido, porque esse post foi feito apenas para a curiosidade dos leitores, e todas as informações contidas nele eu pesquisei na internet. Talvez, se você procurar no Google, apareça a receita que procura, ou em algum livro de receitas portuguesas.
      Mais uma vez, peço que me perdoe.
      Espero que a encontre!
      Abraços,
      Na.

      Excluir
  2. por favor leia minha publicacão com muito carinho bjs

    ResponderExcluir

Leia antes de escrever algo:
★ Muito obrigada por comentar ^.^
★ Por favor, seja educado. Nada de xingamentos.
★ Críticas são sempre bem-vindas, desde que construtivas.
★ Aceitamos tags e selinhos que nos interessarem.
★ Deixe o link de se blog! Retribuiremos a visita e o comentário na medida do possível.

 
Layout feito por Lee Juliette | Não retire os créditos