Queridos leitores/seguidores: Fechei o blog não por motivo de manutenção, mas por motivo de dúvida. Não sei o que fazer com ele no momento. Possivelmente eu o excluirei, mas não decidi sobre isso ainda. Pensarei no assunto durante esses dias e irei avisá-los em breve. Caso queiram entrar em contato comigo, visitem meu outro blog: kaze--hikaru.blogspot.com Agradeço as visitas, os convites de parceria que me fizeram e os últimoes comentários. Infelizmente, não serei capaz de respondê-los/retribuí-los no momento, por motivos pessoais. Muitas coisas tem ocorrido comigo ultimamente, e preciso lidar com elas, e manter vários blogs durante esse período da minha vida não é mais possível. Gosto muito de todos vocês, e com certeza sentirei saudades! Um grande abraço, - A Garota da Casa 12

Os Sete Enforcados, de Leonid Andreiev


*Minha reação depois de terminar de ler o livro*

Boa tarde, minna~~~~ ^^
Como prometido há algumas semanas atrás, aqui trago a minha resenha do primeiro, Os Sete Enforcados, dos três últimos livros que comprei (sinopse deles neste post). Espero que gostem! :) Se alguém por acaso já o leu, diga-me o que achou! ^^ >>>>
            

Título: Os Sete Enforcados       Preço: em torno de R$ 24,50
Autor: Leonid Andreiev      Número de páginas: 168
Editora: Rocco                       Dimensões: 13,7cm X 20 cm
Coleção: Novelas Imortais      Gênero: Romance, Clássico
Minha nota: 9,5/10                                                            

Sinopse: Os Sete Enforcados retrata, da maneira sombria e cruel, a dura realidade da Rússia, que, em pleno início do séc. XX, ainda vivia sob um regime ditatorial sanguinário, sob o comando de uma monarquia absolutista corrupta. 
Foi neste contexto em que sete homens e mulheres foram condenados à pena capital, muito comum na época: morte por enforcamento. 
Então, a partir do cárcere, o novelista russo Leonid Andreiev começa a discutir o sentido da vida e a legitimidade da pena de morte. O leitor presencia cenas de angústia, medo, terror, incertezas e extrema solidão, vividas pelos condenados à espera do inevitável dia, onde a morte é a principal personagem da trama, e prende o fôlego até terminar ler as últimas páginas. É impossível durante a leitura não sentir uma grande compaixão por cada um dos condenados, que possuem apenas uma única certeza: a de que em breve irão morrer. 
Como escreve o próprio autor em sua obra, "Não é a morte que é horrível, mas, o conhecimento dela: Ninguém conseguiria viver sabendo definitivamente o dia e a hora exatos de sua morte." 
Um história sem final feliz, que, com certeza não é para aqueles que estão acostumados a ler romances água-com-açúcar. 

Comentário: É simplesmente, o livro mais marcante, dramático, sombrio, cruel e com um final terrível de se engolir que eu já li. Eu já o conhecia antes de ler e sabia que era muito bom, mas, quando comecei a ler as primeiras páginas, surpreendi-me ainda mais! Com certeza, uma leitura obrigatória para aqueles que gostam de encarar a realidade nua e crua, como ela realmente é. Sem fantasias, ou contos de fadas. Incrível!

Sobre o autor: O escritor, cujo nome russo era Leonid Nikolaevic Andreev, nasceu na cidade de Orel, na Rússia, no dia 21 de agosto de 1871. De família muito pobre, foi educado em uma escola pública, como qualquer outra criança. Devido à, provavelmente, sua marga juventude, tentou suicídio aos 22 anos. Além de 'Os Sete Enforcados' (1908), escreveu muitas outras obras e contos dentre eles: 'O Abismo', 'Na Névoa', 'O Pensamento' (todos de 1902), 'O Sorriso Vermelho' (1904), Savva e Judas Iscariotes (1907), Sachka Jeguliov (1911); e peças teatrais como Anátema (1909), Anfissa (1910), Ekaterina Ivanocna e Professor Storitsine (1912). Faleceu em 12 de setembro de 1919, na Finlândia. 

É isso! Beijos e bom feriado :)




3 comentários :

  1. Na, acho que nunca lerei esse livro u.u Tipo, se eu lesse ele provavelmente choraria pakas na hora do povo morrer! Eu sou muito sentimental kk

    ResponderExcluir
  2. Oi Nana!
    A capa do livro e a sinopse são ótimas mas me
    desanimou ver que o final é bem "hãn?"
    Vou procurar saber mais

    Tem promoção lá no blog
    endless-poem.blogspot.com.br
    Beijão

    ResponderExcluir
  3. Sua opinião foi simples e objetiva. Confesso que não me interessei pelo livro logo pela sinopse =/
    achei meio "nao meu gênero"
    http://www.valeuapenaesperar.com/

    ResponderExcluir

Leia antes de escrever algo:
★ Muito obrigada por comentar ^.^
★ Por favor, seja educado. Nada de xingamentos.
★ Críticas são sempre bem-vindas, desde que construtivas.
★ Aceitamos tags e selinhos que nos interessarem.
★ Deixe o link de se blog! Retribuiremos a visita e o comentário na medida do possível.

 
Layout feito por Lee Juliette | Não retire os créditos