Queridos leitores/seguidores: Fechei o blog não por motivo de manutenção, mas por motivo de dúvida. Não sei o que fazer com ele no momento. Possivelmente eu o excluirei, mas não decidi sobre isso ainda. Pensarei no assunto durante esses dias e irei avisá-los em breve. Caso queiram entrar em contato comigo, visitem meu outro blog: kaze--hikaru.blogspot.com Agradeço as visitas, os convites de parceria que me fizeram e os últimoes comentários. Infelizmente, não serei capaz de respondê-los/retribuí-los no momento, por motivos pessoais. Muitas coisas tem ocorrido comigo ultimamente, e preciso lidar com elas, e manter vários blogs durante esse período da minha vida não é mais possível. Gosto muito de todos vocês, e com certeza sentirei saudades! Um grande abraço, - A Garota da Casa 12

Últimos livros comprados


 Tumblr_mkvqcb4hug1qickguo1_1280_large
Oi pessoas :) 
Quinta-feira à noite eu fui passear em um shopping e passei na livraria Saraiva, e depois na Cultura. Na primeira livraria, eu estava dando uma olhada nas estantes e acabei encontrando 5 livros dos quais adorei. Acabei levando três deles, porque era muito livro pra se comprar, além do que existem um monte aqui em casa que eu ainda não li. 
Resolvi apresentá-los pra vocês os conhecerem também, porque tenho a impressão de serem realmente muito bons. Como não li todos, eu (é claro) vou colocar a sinopse da contracapa ou da orelha dos livros pra vocês lerem, e mais tarde, quando os tiver terminado, eu escreverei uma resenha de cada um. 
Confiram!>

> Os Sete Enforcados, de Leonid Andreiev, coleção Novelas Imortais, editora Rocco.
Sinopse (contracapa): Os Sete Enforcados é uma trama sobre homens e mulheres à espera do fim iminente. Sete condenados à forca vivem esta angustiantes história cujo personagem principal é a morte. Neste clássico da literatura do séc. XX, Leonid Andreiev discute o sentido da vida a partir do cárcere. É uma novela em que a dúvida sobre a legitimidade da pena capital instiga a consciência do leitor e as incertezas multiplicam-se até a última página.
Observação: há um bom tempo eu vinha namorando este livro. Faz alguns meses quando eu o vi pela primeira vez (na livraria Saraiva) mas não pude comprá-lo porque estávamos com muita pressa. Só agora que tive a oportunidade. E, comecei a lê-lo, e confesso que estou muito empolgada.


> Kafka e a Boneca Viajante, de Jordi Sierra i Fabra, editora Martins Fontes.
Ganhador do "Premio Nacional de Literatura Infantil y juvenil" de 2007, concedido pelo Ministério da Cultura da Espanha.
Sinopse (orelha): Um ano antes de sua morte, Franz Kafka* viveu uma experiência singular. Passeando pelo parque de Steglitz, em Berlim, encontrou uma menina chorando porque havia perdido sua boneca. Para acalmar a garotinha, inventou uma história: a boneca não estava perdida, mas viajara, e ele, um "carteiro de bonecas", tinha uma carta em seu poder que lhe entregaria no dia seguinte. Naquela noite, ele escreveu a primeira de muitas cartas que, durante três semanas, entregou pontualmente à menina, narrando as peripécias da boneca vividas em todos os cantos do mundo.
Inspirado por essa história pouco conhecida de Kafka, contada por Dora Dymant, companheira do escritor na época, Jordi Sierra i Fabra recria as cartas nunca encontradas e que constituem um dos mistérios mais belos da narrativa do século XX. 
*Franz Kafka (03 de julho de 1883, Praga - 03 de junho de 1924, Klosterneuburg) foi um dos maiores escritores de ficção do século XIX. Era de origem judaica, e escrevia em língua alemã.


> Cinderela Chinesa, de Adelina Yen Mah, editora Cia. das Letras.
Sinopse (orelha): Adeline veio ao mundo no lugar errado e na hora errada. Nasceu mulher na China, onde filhos homens são desejados, e as meninas apenas toleradas, ainda por cima durante os anos 40, período em que o país enfrentou duas guerras civis. Sua família também foi palco de uma espécie de guerra civil, mas quase sem combate: o lado de Adeline acabou derrotado antes mesmo de poder reagir. Esse lado é formado por Adeline, seus três irmãos e uma irmã mais velha, além do avô e da tia. A mãe de Adeline morreu duas semanas após o nascimento dela, e o pai, milionário chinês, casou-se de novo. A madrasta detesta os filhos anteriores; os irmãos mais velhos culpam Adeline pela morte da mãe e por todos os seus problemas; os mais novos, filhos da madrasta, nem lhe dirigem a palavra. Se ao menos o pai olhasse por ela, haveria uma esperança: mas, para ele, é como se ela não existisse. Nem assim, entretanto, Adeline vai se deixar derrotar. (...) Para enfrentar a infindável série de privações, humilhações e maldades aprontadas pela madrasta, e ignoradas pelo pai, ela vai se apoiar nos livros e nos próprios sentimentos de amor e compaixão. Com muita força de vontade e um espetacular desempenho como estudante, ela consegue se livrar de um destino que se apresentava terrível para se tornar uma mulher independente e respeitada.
Observação: história verídica. 
É isso, gente bonita, fica aí a dica pra vocês quem sabe darem uma procurada por eles nas suas próximas idas à livraria. Chu~

2 comentários :

  1. Nossa, adorei *-* Todos eles parecem ser muito interessantes! Suas dicas vão para minha lista de livros p ler! <3
    Hey Nana, vc tinha me pedido os nomes das musicas da minha playlist antiga, ne? Então, eu fiz um post no blog falando delas > http://enquantoachuvadissolveacidade.blogspot.com.br/2013/03/especial-trilhas-sonoras.html
    Mas sinto em dizer que a maioria delas eu não sei o nome ): pq só vem escrito: MUSICA DO FILME TAL, e não vem o nome mesmo dela TwT
    acho que vou poder te ajudar mt pouco nisso ): mas procure no youtube, ou nas trilhas sonoras dos filmes...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que bom :) Estou gostando bastante de lê-los! Em breve, pretendo fazer a resenha deles ^.^
      Domo arigatô, Andressa! Valeu mesmo, tô tão feliz :D Não tem problema, eu dou um jeito de procurar ;)
      Até!
      Na.

      Excluir

Leia antes de escrever algo:
★ Muito obrigada por comentar ^.^
★ Por favor, seja educado. Nada de xingamentos.
★ Críticas são sempre bem-vindas, desde que construtivas.
★ Aceitamos tags e selinhos que nos interessarem.
★ Deixe o link de se blog! Retribuiremos a visita e o comentário na medida do possível.

 
Layout feito por Lee Juliette | Não retire os créditos