Queridos leitores/seguidores: Fechei o blog não por motivo de manutenção, mas por motivo de dúvida. Não sei o que fazer com ele no momento. Possivelmente eu o excluirei, mas não decidi sobre isso ainda. Pensarei no assunto durante esses dias e irei avisá-los em breve. Caso queiram entrar em contato comigo, visitem meu outro blog: kaze--hikaru.blogspot.com Agradeço as visitas, os convites de parceria que me fizeram e os últimoes comentários. Infelizmente, não serei capaz de respondê-los/retribuí-los no momento, por motivos pessoais. Muitas coisas tem ocorrido comigo ultimamente, e preciso lidar com elas, e manter vários blogs durante esse período da minha vida não é mais possível. Gosto muito de todos vocês, e com certeza sentirei saudades! Um grande abraço, - A Garota da Casa 12

5 dicas para melhorar as suas fotos e ESPECIAL DAY !!





Uma das primeiras preocupações de quem começa a fotografar é saber configurar bem a câmera. Apesar de ser muito importante entender o equipamento e saber como conseguir extrair dele o que você precisa, isso não é tudo. Veja algumas dicas importantes para conseguir criar fotografias mais bonitas com o equipamento que você tem em mãos.

A escolha mais importante



Objetos do dia a dia podem virar personagens de fotografias mais interessantes (Fonte da imagem: Ana Nemes)

As boas fotografias são aquelas que apresentam um assunto que desperte o interesse. Isto é, a principal escolha de um fotógrafo é decidir exatamente o que fotografar, já que isso faz toda a diferença no resultado final.
Não precisa ser algo excepcional, único. Objetos simples e cotidianos podem se tornar grandes assuntos para uma foto, basta saber o que você quer mostrar deles. A natureza guarda surpresas positivas para os olhos mais atentos, como pequenos insetos, flores, teias de aranha e muito mais.

CONTINUE LENDO >>


Olhe de perto para encontrar imagens inusitadas da natureza (Fonte da imagem: Brian Valentine)

Até o que é visto como “feio” normalmente, ou sem atrativos, pode render uma fotografia interessante. Tudo depende do olhar do fotógrafo, de como ele passa a mensagem para quem for ver a imagem. Dessa forma, assim que o assunto da imagem for escolhido, é hora de saber encaixá-lo na foto.

Enquadre a cena


Nós já vimos um pouco sobre enquadramento, no artigo sobre a regra dos terços. Saber compor a cena é importantíssimo, pois enriquece o que está sendo fotografado. A regra dos terços é um auxiliar para quem quer criar imagens bonitas, mas existem outras dicas importantes.


Elementos em espiral ajudam a criar uma boa composição (Fonte da imagem: Sebastian Bergmann)

Se você puder, aproxime-se do objeto, pessoa ou construção que você está fotografando. Uma fotografia interessante é aquela que revela um novo olhar sobre assuntos cotidianos. Mostrar algo bem de perto força a pessoa que estiver vendo a sua fotografia a pensar diferente, a ver algo de forma diferente. Chegue perto do rosto de alguém e fotografe as suas expressões, revele visões que não são vistas todos os dias.
Muitas vezes nós somos surpreendidos por fotografias de objetos cotidianos, mas retratados de uma forma diferente. Arrisque uma nova visão. Ao caminhar nas ruas, repare na arquitetura escondida, olhe mais para cima, veja novos ângulos. Isso é o que chamamos de “olhar”. Para se tornar um bom fotógrafo, é preciso ser um bom observador.
Na fotografia, não existem pontos de referência fixos, você pode girar e inverter a imagem depois, dando um nó na cabeça de quem vê o que foi retratado. Paisagens cotidianas podem se tornar uma fotografia inusitada, basta mudar o ângulo ou encontrar novas formas de olhar!

Mostre a cena de formas alternativas (Fonte da imagem: Ana Nemes)

Abuse das linhas retas, das espirais e dos contrastes entre claro e escuro, bonito e feio, novo e velho etc... Isso enriquece a fotografia e faz com que assuntos batidos ganhem uma nova abordagem. Para auxiliar o fotógrafo, existe outro fator importante: a luz!


Ilumine a imagem


Quando se fala em luz para fotografia, muitas pessoas pensam em todo um equipamento de estúdio profissional e caríssimo, mas isso é apenas uma das possibilidades. Existem muitas fontes de luz caseiras, que você pode usar sem precisar gastar nada, ou quase nada!

 

A luz do sol pode criar efeitos que enriquecem a imagem (Fonte da imagem: Pablo Marques)

  A primeira alternativa sempre é o sol. Seja fora de casa, usando a iluminação direta, ou em um ambiente interno, utilizando a iluminação do sol refletida nas paredes, essa fonte de luz pode trazer resultados maravilhosos, basta saber usar.
Aproveite as sombras causadas pela iluminação do sol, principalmente em dias com poucas nuvens, em que elas se tornam bem marcadas. O efeito de claro e escuro enriquece a fotografia, só é preciso tomar cuidado para não esconder com as sombras detalhes importantes das pessoas e objetos fotografados.


 

Aproveite a iluminação natural para criar efeitos com as sombras (Fonte da imagem: Andreas sureShut)

Se você quiser uma fonte artificial de luz, pode usar luminárias de mesa, lâmpadas de teto, luzes de jardim etc... Não pense que é preciso gastar muito com isso, pois materiais caseiros dão efeitos legais nas imagens e custam pouco. É claro que, no estúdio, uma iluminação adequada é necessária, porém isso não é o principal para fazer a foto melhor ou não. Quando a luz não for suficiente, apoie a sua câmera e aumente o tempo de exposição.

Utilize um apoio firme


Muitas vezes, a iluminação local não é suficiente e você não quer, ou não pode, adicionar outras fontes de luz. Nesses casos, o tripé pode ser seu melhor amigo. Com ele você tem um apoio firme para a sua câmera e pode ajustar a exposição e a abertura sem se preocupar em tremer.
Não é preciso usar, necessariamente, um tripé. Para uma maior mobilidade, existem apoios semelhantes, porém com um pé apenas, que servem para dar mais agilidade ao fotógrafo. Eles são presos da mesma forma que os tripés, porém são mais leves e ágeis.

 

Utilize o batente da janela para apoiar a máquina e tirar fotos noturnas da cidade (Fonte da imagem: Stefan Bäurle)
 Você também pode usar superfícies planas e firmes, como armários, muros etc... O que estiver ao seu alcance pode ser usado, se puder deixar a máquina parada e estável. Se você não puder apoiar a máquina em nenhum local, aqui vai uma dica importante: mantenha os seus braços bem próximos ao corpo, abra um pouco as pernas para dar mais estabilidade e segure a máquina de maneira firme. As chances de você conseguir não tremer são maiores dessa forma!

Configure a sua câmera


Se você pensou em todos os aspectos descritos acima, é claro que não vai querer perder o brilho da foto com um ajuste mal feito, não é mesmo? Gaste um pouco de tempo configurando a exposição, abertura do diafragma, ISO e balanço de brancos.
Tente fazer a sua foto ficar o mais interessante possível usando apenas os recursos da máquina. Os ajustes finais, como retoques na saturação, contraste e brilho, podem ser feitos posteriormente no Photoshop, deixando a imagem com aparência profissional.

 

Faça os ajustes finais no Photoshop para dar um ar mais profissional para a sua foto (Fonte da imagem: Luis Hernandez)

ESPECIAL DAY é que hoje é o dia do aniversario de sua postadora , aqui que voz fala (digita...kkk) então fiz um "pequeno" texto falando do meu sentimento por esse momento da minha vida! 20 anos gente , da para acreditar ? Pois é nem eu ... kkk 

ENFIM 20 


Em um estalo de dedos, eu me dei conta de que a minha infância já havia acabado e eu não à aproveitei como eu gostaria. Eu me dei conta de que a minha adolescência, já não estava mais tão próxima assim de mim. Aconteceu tudo de repente, eu simplesmente achei que a vida era longa, que eu iria ter muito tempo pra fazer tudo que eu planejava, e que o dia de largada pra isso não bateria tão rápido na minha porta. Hoje quando eu acordei percebi que os dias voaram que os anos estão cada vez mais curtos, e que hoje já não é mais nada como antes. Eu me dei conta de que cresci isso mesmo eu CRESCI. Mentalmente, fisicamente, porque eu quis e porque era preciso crescer. Eu amadureci o mundo, o tempo me amadureceu sem que eu percebesse. Eu inevitavelmente dormi com os meus dezenove e acordei inacreditavelmente com vinte, eu acordei uma jovem que eu não imaginava que eu seria, confesso que este dia chegou na velocidade da luz. Eu ainda consigo me lembrar dos meus quinze anos que fora a seis anos atrás. Acordei inexplicavelmente, com a cabeça cheia de coisas e sobre alguns pensamentos que devido uma certa idade você começa a ter. Acordei sabendo que partir de hoje eu mesma tenho que tomar as minhas próprias decisões, enxergando que a minha responsabilidade cresceu. Hoje eu acordei ciente de que o amanha é meu, que eu preciso saber exatamente o que devo fazer, sem tempo pra quebrar a cara e me lamentar, ou sair resmungando por que algo que não saiu como eu queria, é tempo de erguer a cabeça, seguir meu caminho e tentar não perder mais nem um segundo me lamentando pelo que devia ter acontecido. Acordei com a responsabilidade de que tenho que saber qual profissão exercer, qual faculdade seguir. Eu tenho que começar a planejar os próximos anos, pois tenho certeza que estes vão passar muito rápido. Acordei com a responsabilidade de em um futuro bem próximo estar de braços abertos para novas oportunidades e sonhos quem sabe. Eu acordei com os pensamentos confusos. Esperei tanto por este dia, alias qual adolescente nunca sonhou? Em poder fazer o que quiser sem ter dar satisfação a ninguém. Mas não é bem assim, isso era mesmo só um sonho, a realidade é bem diferente. Pois hoje eu percebo que eu preciso da minha mãe, e tudo que eu sou eu devo a ela, eu devo sim uma explicação a ela por tudo que eu faço ou deixo de fazer. Eu queria sempre poder estar aqui nos braços dela, no meu aconchego. Mas eu sei que um dia eu não os terei mais do meu lado, sei que um dia eu terei de traçar o meu próprio destino, e ai? Eu vou sentir muita falta dela puxado minha orelha, me xingando por ter chegado tarde, me colocando de castigo, me amando, e me protegendo. Eu vou implorar pela minha adolescência que eu briguei e a fiz chorar, pra poder fazer tudo diferente. Hoje eu acordei já com saudade da minha infância, do tempo que eu tinha tudo e todos em minhas mãos, por que agora eu sei que não tenho nada na minha mão, vou ter que lutar por tudo, hoje eu vou começar do 0, começar o meu futuro, e sei também que não tenho ninguém na minha mão, pois é hoje o tempo de construir amizades de uma vida toda, é hoje o tempo de encontro do amor verdadeiro, é hoje o tempo de procurar ser o que você quer ver nas pessoas. Um dia a gente cresce, um dia a gente muda e é dono da sua própria historia, isso é inevitável, e o meu dia sem sombra de duvidas acabou de chegar. 






1 comentários :

  1. Que dicas ótimas! Em relação aos 20, achei um tanto exagerado e dramático seu texto, tipo, tens 20 anos, não 50, ainda é super jovem sim, e ninguém vai reparar se cometer alguns errinhos ou quebrar a cara, mas enfim, parabéns, muitas felicidades pra ti! Adorei seu blog, realmente muito incrível, tem tudo para fazer o maior sucesso; Já estou seguindo, segue o meu também?
    www.espacegirl.com

    ResponderExcluir

Leia antes de escrever algo:
★ Muito obrigada por comentar ^.^
★ Por favor, seja educado. Nada de xingamentos.
★ Críticas são sempre bem-vindas, desde que construtivas.
★ Aceitamos tags e selinhos que nos interessarem.
★ Deixe o link de se blog! Retribuiremos a visita e o comentário na medida do possível.

 
Layout feito por Lee Juliette | Não retire os créditos